Concentração da propriedade da mídia preocupa brasileiros

Uma pesquisa com mais de 11 mil pessoas de 14 países, encomendada pelo Serviço Mundial da BBC, mostra que os brasileiros são os mais preocupados com a concentração da propriedade dos meios de comunicação. No entanto, o estudo revelou que os brasileiros são, também, os mais críticos em relação ao noticiário dos órgãos públicos nacionais.


A pesquisa se deu com a aplicação de um questionário. Para 80% dos brasileiros entrevistados, o controle da mídia privada nas mãos de poucos empresários favorece a manipulação da informação. Segundo a matéria “Brasil lidera pesquisa de preocupação com concentração na mídia”, publicada no site da BBC Brasil, a grande maioria dos entrevistados brasileiros acreditam “esse controle pode levar à ‘exposição das visões políticas’ de seus donos no noticiário”.


Na avaliação sobre a “honestidade” e “precisão” dos órgãos de comunicação públicos e privados com o tratamento da notícia, 43% dos entrevistados avaliaram a cobertura dos órgãos públicos como “pobre”, 32% como mediana e 25% acham que ela é “boa”. Já quanto aos órgãos de comunicação privados, a avaliação se inverteu: 37% dos entrevistados a avaliaram como “boa”, 38% como “mediana” e 25% como “pobre”.


“Os brasileiros também se mostraram os mais interessados em participar do processo de decisão sobre o que é noticiado”, registra a matéria, sustentada pelos dados da pesquisa, apontando que 74% dos entrevistados gostariam de ser ouvidos na escolha das notícias.